Curso de Violão – O que Impedem as Pessoas de Fazer

Compartilhe!!!

Se você quer aprender da melhor forma é muito importante fazer um curso de violão.

Tenho notado que muita gente quer aprender a tocar violão sozinho e logo já sair tocando sua música favorita, mas além de estudar, se esforçar, ter disciplina e dedicação, procurar um bom curso de violão vai ajudar muito.

Ao longo desse artigo você entenderá mais do que estou falando. Aproveite o conteúdo.

Em quanto tempo já consigo tocar?

Esse é um dos questionamentos mais comuns entre os principiantes e que impedem as pessoas de fazer.

Aqueles que estão prestes a começar um curso de violão, que estão empenhados em estudar violão, mas ansiosos pelos resultados.

Mesmo quem opta por saber tocar violão em casa acaba se perguntando isso, “Mas em quanto tempo já consigo tocar?”

Primeiramente: tenha calma! Não há como determinar um tempo padrão que uma pessoa leva até dominar o instrumento, porque isso é muito particular.

Alguns, em poucos diCurso de Violão - Em quanto tempo já consigo tocar?as ou semanas já assimilaram as coisas mais simples. E que servem como base e, assim, vão percebendo um progresso mais rápido.

Por outro lado, há quem leve mais tempo e isso é completamente natural. Cada pessoa absorve o conhecimento de uma forma particular, por isso não existe certo ou errado.

O que existem são fatores que interferem no processo de aprendizado em favor ou contra o aluno. O primeiro deles já citamos:

Quem tem um dom natural progride mais rápido em um curso de violão ou tentando aprender sozinho em casa.

Também faz toda a diferença adotar um bom método de estudo, dedicar-se constantemente, a vontade de aprender. O tempo que você estuda ou pratica todos os dias e até compreender que existem níveis diferentes de aprendizado.

A única coisa que é praticamente unânime, seja em um curso de violão ou aprendendo em casa. É que para chegar a um nível avançado, você vai precisar de bastante tempo de estudo. E tem que ser um tempo de qualidade, ou seja, concentrar-se de fato nessa atividade.

Método para aprender rápido

Apostar em um método eficiente é primordial para ter sucesso nessa empreitada! Desse modo, o curso de violão deve ter uma linguagem simples. Especialmente para quem é realmente principiante, não conhece nada em termos de técnica de música e violão. O ideal é que mesmo frequentando o curso de violão. O aluno seja o grande responsável por seu progresso, sabendo quais são os níveis de conhecimento e como chegar a cada um deles.

Curso de Violão Aprenda a tocar violãoAprenda a tocar violão

Veja a seguir alguns passos para adotar um bom método e conseguir alcançar os resultados esperados e aprenda a tocar violão com muito mais tranquilidade:

• Procure um método objetivo, pois o melhor é aquele que deixa claro para o aluno quais são os exercícios que precisarão ser estudados, quais técnicas devem ser assimiladas em cada etapa, o que é preciso para executar uma música ou ritmo, enfim, tudo que se refere à canção e violão. Ao saber o que deve ser feito em cada momento, o aluno consegue assumir um controle maior sobre o seu aprendizado.

• Vale muito mais praticar todos os dias por pouco tempo (uma hora, uma hora e meia), do que passar um dia treinando várias horas seguidas e, depois, ficar muitos dias sem encostar no violão. Essa prática faz com que você desperdice tempo, porque quando retomar o estudo, depois de vários dias, vai ter que relembrar aquilo que já sabia. Estudar todos os dias é a única forma de manter um aprendizado progressivo. Se você frequenta um curso de violão, mas não tem aulas diárias, pratique em casa.

O treinamento diário deve ser dividido em duas etapas:

Revisar aquilo que você já sabe (como tocar uma música que já aprendeu, por exemplo) e aprender algo novo. O grande segredo é reservar um tempo maior para o que for novo e menor para a revisão. É justamente nesse quesito que muitos falham, porque a vontade de passar todo o estudo tocando músicas conhecidas e das quais gosta é muito grande!

• Comece o estudo com a parte mais teórica e que muitos consideram chata. Deixe para tocar as suas músicas favoritas no final, porque isso ajuda a manter a motivação e o foco.

• Seja no curso de violão ou estudando em casa, tente se relacionar e estar junto de pessoas que entendem mais do que você.

Se conhecer alguém que é muito bom tocando um ritmo específico, que já tem experiência, faça questão de aprender com essa pessoa. Mesmo para quem quer aprender sozinho, receber ajuda de quem entende é sempre muito bem-vindo.

Lembre-se: quem já se dedicou mais tempo do que você, vai ter algo a acrescentar e, no futuro, você pode se tornar uma referência para quem estiver aprendendo.

• Existem exercícios que são mais difíceis, que não vão lhe agradar, que vão exigir mais tempo e esforço. Não deixe que isso lhe abata e nem caia no erro de deixar de lado esse tipo de exercício.

Por mais difícil que seja, pode ter certeza de que ele é essencial para que você adquira o aprendizado pleno e possivelmente é um pré-requisito para dominar outros exercícios que virão futuramente.

Todas essas dicas acima podem ser colocadas em prática tanto por quem faz um curso de violão quanto por quem não faz, é bom que isso fique claro.

A maior vantagem do curso é ter um professor à sua disposição não apenas para ensinar a teoria e as técnicas, mas também para solucionar as dúvidas que forem surgindo no decorrer do tempo.

Por isso, é muito indicado para quem está começando, mesmo que apenas por um tempo, até que o aluno adquira confiança e autonomia para seguir aprendendo e evoluindo por si mesmo.

Outra vantagem de investir em um curso de violão é para quem tem dificuldades em manter a disciplina.

Nem todos têm facilidade para determinar sozinho um horário de estudo e conseguir manter a concentração.

Indo para uma aula, com outras pessoas e tendo esse compromisso, acaba sendo mais fácil não sabotar o próprio aprendizado.

Mas isso deve ser uma opção, se você achar que é melhor aprender sozinho, saiba que deverá estar mais preparado e talvez até se dedicar mais, justamente por não ter um professor ao seu lado.

Curso de Violão - Existe um dom natural para tocar violão sozinho?Existe um dom natural para tocar violão sozinho?

Você já deve ter se deparado com vídeos que circulam na internet mostrando crianças muito pequenas que tocam violão quase que com perfeição sem nunca terem feito nenhum curso, ou talvez conheça até a história de algum músico que se diga autodidata, ou seja, que aprendeu a tocar sozinho e suficientemente bem a ponto de construir uma carreira profissional.

Diante de situações como essas, é praticamente impossível não pensar que conseguir tocar violão independe de fazer cursos, mas é algo que está muito mais ligado a um dom natural. Será que isso é verdade?

Cada pessoa nasce com um dom natural que é dado por Deus. Mais democrático ainda é o pensamento de que os indivíduos têm aptidões diferentes, inclinações para realizar determinadas tarefas.

Alguns são naturalmente mais aptos a tocar instrumentos musicais, outros a trabalhar com raciocínio lógico e matemático, outros a compreender linguística e assim por diante.

Desse modo, aqueles que nascem com o dom natural para tocar, certamente vão aprender em um tempo menor de curso de violão(Guitar em Inglês). São aqueles alunos que dentro de menos de um mês de aula já estão tocando diversas músicas mais simples e até mesmo algumas técnicas mais complicadas, como a pestana.

De modo geral, esse tipo de dom faz com que a pessoa consiga melhor se expressar por meio da música, colocar seus sentimentos em contato com ela, compreender noções de altura musical e técnicas.

Mas é claro que mesmo nesses casos, é importante seguir algumas dicas de aprendizado (que você vai ver nesse texto) para alcançar os resultados esperados.

Mas independente de se ter ou não essa aptidão para a música e para o violão de forma mais específica, a verdade é que qualquer pessoa é capaz de aprender, desde que se baseie em um método que funcione e esteja determinada a isso.

Assim como qualquer outra coisa, tocar violão exige acima de tudo técnica (que é algo aprendido, ninguém nasce já conhecendo as notas musicais, por exemplo) e até conhecimentos teóricos (nem todos dão a devida importância a esse aprendizado, mas ele é primordial). Ou seja, é uma habilidade a ser desenvolvida com estudos e principalmente muita prática.

Mesmo quem supostamente nasce mais naturalmente apto a tocar violão, vai precisar se aprofundar, estudar e se dedicar, especialmente para aprender conhecimentos mais complexos.

Portanto, jamais acredite que a ausência de um dom natural possa lhe impedir de tocar violão. Se você tiver essa aptidão, pode ser um ponto a seu favor, que vai facilitar o aprendizado.

Mas se não tiver, tenha a certeza de que não é por isso que você não vai conseguir. Se você realmente gosta do violão e quer aprender a tocá-lo, tenha confiança, porque você será capaz.

Curso de Violão - 10 dicas rápidas para tocar violão melhor sendo um inicianteMais 10 dicas rápidas para tocar violão melhor sendo um iniciante

Busque novos aprendizados: saia da zona de conforto e busque novos conhecimentos. Novas visões e novas vertentes que possam aprofundar o estudo;
Melhor uso de seu tempo: separe um tempo específico para duas coisas: 1) estudar; 2) praticar o que já sabe e o que se está aprendendo;
Ouça música: o ouvido ensina, e é a partir dele que um novo conceito pode ser descoberto para se aprofundar;


Toque com experientes

estar ao lado de pessoas que sabem te estimulará e ensinará.

Motivação: busque pela motivação todos os dias, como: Por que eu quero tanto aprender a tocar violão?
Ensine alguém: o processo de ensinar ajuda e muito a aprender. Parece confuso, mas lembrar o básico pode sempre ser importante;
Acredite na sua própria capacidade: não se coloque para baixo. Ser expert demora, mantenha-se focado e não desanime;
Você já toca: lembre-se que você já toca. Já é um produto. Isso motiva para que você não pare um minuto sequer para pensar se deve continuar;
Troque informações: com mais experientes, com alunos, com dicas da internet. Enfim, são variadas as formas de buscá-las;
• Pontos fracos: identifique-os e trabalhe-os constantemente para que a evolução seja ainda mais significativa.

Considerações finais.

Aprender a tocar violão exige determinação. Mas com todas as dicas que foram dadas ao longo de todo esse artigo, você conseguirá excelentes resultados!

Para quem optar por um curso de violão, vale à pena conversar com o professor e pedir outras orientações para se aperfeiçoar fora dos horários de aula.

Algo que ajuda muito é ouvir bastante música, esse deve ser um hábito para quem pretende se tornar um violonista! Escute música sempre que puder. Tentando identificar o som do violão, o ritmo, a melodia, tente reproduzir aquilo que achar interessante.

Com isso, você vai aprimorando o seu ouvido musical, o que é essencial para se tocar absolutamente qualquer instrumento.

Quem está tentando aprender a tocar violão gosta dessa arte, então pesquisar sobre ela não será um sacrifício!

Procure saber mais sobre os seus músicos favoritos (não apenas os que tocam esse instrumento). O que influenciou na aprendizagem deles, quais foram as estratégias adotadas.

É uma questão de se inspirar em quem já sabe. Porque o que funcionou para uma pessoa pode funcionar para você também, não custa nada tentar!

O mais importante é que a sua atenção não deve estar focada apenas durante a hora do curso de violão ou do seu treinamento em casa.

A qualquer momento do dia, quando ouvir uma música ou encontrar alguma informação interessante. Preste atenção e faça do instrumento algo que lhe acompanha o tempo todo.

Aprender a tocar violão e chegar a um nível avançado de conhecimento é algo que depende apenas de você. Portanto, se é o que você quer. Não hesite em colocar todo o seu empenho nessa tarefa, pois os frutos são os resultados disso.

O que achou do artigo? comente abaixo, curta, compartilhe! 😉

 Facebook https://www.facebook.com/meuviolaoacustico/

 
Compartilhe!!!